https://www.facebook.com/profile.php?id=100008493738247

Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um por todos

Um canto de leitura para quem é ainda apreciador desta arte

Um canto de leitura para quem é ainda apreciador desta arte

Um por todos

24
Jun22

Amor

Gonçalo Carvalho

6407761-HSC00002-7.jpg

O que é verdadeiramente o amor? O que é esta sensação que nos prende a alguém ou a algo? O que é isto, que é superior a nós mesmos, que não conseguimos controlar? Será uma sensação? Uma emoção? Uma reação química de tal forma acentuada que nos leva muitas vezes a perder a racionalidade?

Talvez seja um cocktail de tudo o que acima descrevo.

Já muitos antes de mim, e muitos provavelmente virão a seguir, que se debatem sobre este tema, talvez tão antigo quanto a humanidade, e no entanto, mesmo após tanta dissertação, nenhum de nós chega verdadeiramente a nenhuma conclusão. É engraçado como esta emoção/sensação tem influência na nossa vida e civilização como um todo, basta olharmos para o exemplo para a arte, cultura ou até movimentos sociais baseadas no amor. é esse mesmo amor que dá força aos mais variados homens e mulheres para terem a capacidade de fazer algo superior a eles mesmos.

Esta é a parte que me fascina verdadeiramente, a capacidade sobrenatural que tem sobre nós.

Comparo muitas vezes o amor ao ódio, embora estejam em espectros completamente opostos da vida, são duas emoções que nos levam a fazer feitos extraordinários, quer sejam positivos ou negativos, dependendo que qual o espectro das emoções que nos baseamos. O ódio por exemplo leva a matar, mas o amor também. O amor leva-nos a querer estar com alguém até ao fim do mundo, mas o ódio também leva a necessidade de posse ou perseguir alguém até ao fim do mundo. Depende tudo apenas de quem, como e porquê de despoletarem tais emoções em nós, e rapidamente somos assolados por elas se não tivermos o treino e a maturidade para lidar com o problema.

Mas voltando a focar no amor, é algo de verdadeiramente avassalador e capaz de grandes feitos, como referi anteriormente, se for verdadeiro, embora o que acontece muitas vezes é que criamos para nós mesmos, uma ilusão do amor, quer seja por solidão, quer seja por necessidade de algo na nossa vida que nos faça sentir melhor connosco mesmos, quer seja na procura desesperada pela estrada da felicidade quando nos sentimos perdidos. O que de certa forma é compreensível existir esse engano ou ilusão, tendo em conta que não podemos dizer que estamos vivos sem emoções, e o amor faz parte delas. O único problema e que como tudo na vida, pode ser perigoso se nos deixarmos consumir ou iludir por qualquer uma dessas emoções, por mais positivas que sejam até.

A minha mensagem desta semana (em vez de tentar a continuar a explicar o amor, e a falhar como tantos antes de mim como já referi), é que embora o amor possa ser confuso, avassalador e até mesmo sem querer levar a emoções mais negativas ou até mesmo ilusões e deceções, por favor, não tenham medo de amar.

É o amor que leva a feitos maiores que nós mesmos. O amor não precisa de ser apenas romântico, podemos amar qualquer pessoa desde que seja digna desse amor na nossa vida, qualquer ser ou pessoa que tenha relevância suficiente e impacto, e que o saibamos reconhecer para nós mesmos, é digno do nosso amor, quer seja um familiar, um amigo, um filho, um autor/artista, uma pessoa comum, ou até mesmo um animal de companhia.

O mais importante é nunca confundir o amor com posse.

O amor de verdade é muitas vezes ter que deixar ir. Amor é ficar feliz incondicionalmente pela outra pessoa estar bem, mesmo que seja uma época em que nós não estejamos. Amor é saber pedir ajuda a essas mesmas pessoas e retribuir da mesma forma sem pedir nada em troca. O amor aplicado de forma verdadeira e correta é tão simples, e no entanto tão poderoso que é capaz de derrubar todos os humanos que procuram apenas o poder, dinheiro ou influência.

Não se esqueçam que acima de tudo o amor é simples, nós é que somos complicados.

Um por todos, hoje e para sempre.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Calendário

Junho 2022

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Arquivo

Comentários recentes

  • Gonçalo Carvalho

    Olá boa tarde Zé Onofre.Agradeço em primeiramente ...

  • Zé Onofre

    Boa noite, Gonçalo CarvalhoFeliz, ou infelizmente,...

  • Gonçalo Carvalho

    Quem de nós percebe? Mesmo com a reflexão que fiz,...

  • ROMI

    Dizem que há vários tipos de amor. Alguém dizia qu...

  • Gonçalo Carvalho

    Fico honrado de verdade com a análise ao blog. E e...

Em destaque no SAPO Blogs
pub